image description
Categoria: Preta Gil

A madrugada deste sábado (27) foi de muito arrasta-pé para Preta Gil, que lotou a boate The Week, no Rio de Janeiro, com o seu Arraiá da Preta.

Empolgada para subir no paco, a cantora falou da emoção que sente ao voltar ao trabalho no Rio de Janeiro após a lua de mel.

— Esse é o meu primeiro show aberto depois do meu casamento. Volto para onde é a minha casa. Foi aqui que eu fiz a minha despedida de solteira. Aqui é a minha casa, onde estão o meu público e todos que já vem me acompanhando durante anos.

Assim que subiu ao palco da boate, Preta comemorou a decisão da Suprema Corte Americana que autorizou o casamento gay nos Estados Unidos e foi aplaudida pelos seus fãs.

— Essa vitória dos Estados Unidos também é nossa. Isso é uma evolução que se deve a nós. A gente faz a ‘Kátia Cega’ para aqueles que falam da gente e pronto. Não a homofobia.

image description A cantora entrou no ritmo das festas juninas ao cantar Eu Só Quero um Xodó, de Luiz Gonzaga, e Morena Tropicana, de Alceu Valença.

Sucessos da cantora como Sinais de Fogo, Meu Corpo Quer Você e Take it Easy, gravado com Anitta, animaram a pista de dança. Fogo e Paixão, de Wando, hits do axé e do funk também não ficaram de fora do repertório de Preta.

A cantora escolheu um look caipira, com diversos paetês, e ganhou um arco com um chapeuzinho de uma fã. A filha de Gilberto Gil fez questão de utilizar o acessório durante o show.

No camarim, bolos, doces e diversas guloseimas juninas davam conta que calorias não são uma preocupação no momento.

— Não estou me controlando. Ainda não voltei para a dieta desde que saí para a lua de mel. Daqui a pouco eu volto. Espero que semana que vem. É barbaridade entrar na dieta na semana de São João. Eu vou comer uma canjica que eu pedi para pegarem para mim. Eu sou louca por canjica [risos].

A boate onde Preta se apresentou ganhou bandeirinhas e balões como decoração. As barracas de doces, do beijo e correio do amor foram pensadas pela cantora para seus fãs se divertirem.

— Essa festa junina tem de tudo. Tem barraca do beijo, tem comida típica. Eu, por ser filha de nordestino, tenho por hábito brincar todo ano a Festa Junina. É uma coisa que eu amo. É uma época que amo. Tenho pena porque hoje em dia eu não tenho tempo de curtir tanto como antes.

Uma das barracas que fizeram mais sucesso na noite foi a do beijo. Ela não cobrava nada e tinha a maior fila... Bastava jogar o dado e ter sorte com as opções: selinho, beijo de cinema, beijo no rosto, beijo de língua, beijo no pescoço e beijo na mão. Podia também se escolher de quem se ganharia o beijo: de um rapaz ou de uma moça. Ninguém no Arraiá da Preta pode reclamar que ficou no zero a zero!